Relação Cintura/Quadril e doenças do Coração


Qual é a sua relação cintura quadril (RCQ)?

Quanto maior for a RCQ maior o risco de doenças cardíacas conforme as pesquisas mostram.
É simples saber se você faz parte do grupo de pessoas com alto risco de desenvolver doenças do coração.

Pegue uma fita métrica e meça a circunferência da sua cintura e divida este valor pela circunferência do seu quadril. Se você é homem de 20 a 29 anos, a circunferência da sua cintura deverá estar na faixa de 83-88% da circunferência do seu quadril. Ou seja, para um quadril de 100cm sua cintura deverá ter de 83-88cm. Acima disso você já tem um risco maior de desenvolver doenças cardíacas. Se você é mulher, de 20 a 29 anos, sua relação C/Q deve estar entre 0,71 e 0,77. Acima disto também é considerado alta.

Sabe-se hoje que as doenças do coração são a maior causa de mortes nos países desenvolvidos como Estados Unidos, tanto para homens quanto para mulheres. Essa doença é causada por plaquetas que se acumulam nas artérias do coração, o que também é chamado de endurecimento das artérias.

Essas plaquetas são formadas por materia gorda, isso é gorduras e por outras substâncias tóxicas, causando a diminuição do oxigênio que é levado para o coração. Esses entupimentos fazem com que as artérias fiquem estreitas, como resultado o fluxo de sangue para o coração diminui ou até mesmo para.

Os fatores de risco que você não pode mudar são:

  • Sua idade: O risco aumenta conforme você fica mais velho
  • Seu sexo: Homens tem mais chance de ter uma parada cardíaca do que mulheres antes da menopausa. Depois da menopausa, homens e mulheres tem as mesmas chances de soferem de uma doença do coração.
  • Sua genética: Se alguém da sua família teve algum problema de coração você tem maior probabilidade de ter também.

Entretanto um fator que podemos mudar através da dieta e exercícios é o acumulo de gordura visceral e na região abdominal. Para maiores detalhes sobre a RCQ consulte a tabela abaixo:

Fonte:

http://www.efdeportes.com/efd114/riscos-coronarianos-em-taxistas.htm

http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmedhealth/PMH0004449/

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: